Tupy, a mais nova multinacional brasileira

A Tupy conclui na semana passada o processo de aquisição de duas fundições no México, a Cifunsa Diesel e a Technocast. Com isto, a empresa é a mais nova multinacional brasileira. Com o aumento de 55% em sua capacidade produção, passa a ser também a maior fabricante mundial de blocos e cabeçotes de ferro fundido.

 

Na terça-feira (17), a Tupy tomou posse das duas unidades, localizadas nas cidades de Saltillo e Ramos Arizpe, no Norte do México. As empresas, que pertenciam ao Grupo Saltillo (a Caterpillar tinha participação minoritária na Technocast e também vendeu sua participação), foram adquiridas por US$ 439 milhões.

 

A capacidade produtiva da Tupy, até aqui de 540 mil toneladas/ano, salta para 852 mil toneladas anuais. As duas fundições estão sendo adquiridas em plena operação, com produtos e clientes próprios. Cifunsa e Technocast produzem blocos e cabeçotes de ferro fundido de motores para veículos de passeio e comerciais, máquinas agrícolas, de construção e mineração, motores estacionários etc.

 

“Estamos motivados pelas possibilidades que esta aquisição nos proporciona. Nos ativos, encontramos um complemento ideal estratégico, tecnológico e de capital humano para o crescimento da Tupy”, afirma o presidente da companhia, Luiz Tarquínio Sardinha Ferro.

 

Segundo o presidente, as novas operações no México integram a estratégia de internacionalização, além de reforçar a proximidade com a América do Norte, onde se concentra grande parte da carteira de clientes da Tupy. Outro ponto importante está no aumento da participação da companhia no fornecimento de componentes para equipamentos utilizados.

 

Tupy S/A

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Associações e parceiros