Palestrantes do Moldes 2009 acreditam em crescimento

A crise mundial começa a dar sinais de melhora e, segundo José Luiz Vendramini Martins, diretor de Suporte a Vendas da General Motors, 2009 será o melhor ano para a indústria automobilística brasileira. O executivo foi palestrante no primeiro dia de trabalho do Moldes 2009 – 7º Encontro da Cadeia de Ferramentas, Moldes e Matrizes, que está sendo realizado no Expo Center Norte, em São Paulo, em paralelo à Intertooling Brasil 2009 – Feira e Congresso Internacional de Tecnologia de Ferramentais.

 

Ao falar sobre “Tendências e perspectivas da indústria automobilística para 20092010” nesta quarta-feira, 15, Vendramini destacou que deverão ser vendidas 2.900 milhões de veículos, 100 mil a mais do que em 2008. Para 2010 a previsão é que as vendas atinjam 3 milhões de unidades. “Dois fatores contribuem para o incremento nas vendas: a queda na taxa Celic e o aumento de disponibilidade de crédito”, afirmou.

 

O Brasil, conforme o diretor da GM, tem excelentes centros tecnológicos que poderão ter seus serviços exportados, como o caso da tecnologia flex. Os países desenvolvidos sentem a necessidade de criar novas regras para baixar a emissão de poluentes.

 

Mercado chinês


O “Desenvolvimento do mercado de moldes & matrizes na China” foi um dos trabalhos apresentados no primeiro dia do Moldes. A pesquisa foi realizada por Luis Felipe Medeiro Alves (SandvikFaculdade de Tecnologia de São Paulo), Nivaldo Lemos Coppini (Universidade Nove de Julho), Sergio Bezerra Barros (General Motors) e Silvio Bauco (Sandvik CoromantFundação Santo André), que apresentou os resultados.

 

Silvio Bauco disse que a China tem um crescimento anual de 15% no setor de ferramentarias. O planejamento estratégico do setor, refeito a cada 5 anos, prevê um crescimento de 25% em 2010, chegando a um faturamento bruto de 17 de bilhões de dólares. Atualmente a China produz 70% dos moldes de que seu mercado interno necessita.

 

Segundo Bauco, o Brasil poderia ampliar suas vendas de moldes para a China que tem um mercado bastante acelerado. A meta é atender 90% do mercado interno até 2020 com a qualidade dos países europeus.

 

O Moldes 2009 termina nesta quinta-feira, dia 16, com a apresentação de palestras convidadas, trabalhos técnicos, mesa-redonda e a entrega do Prêmio Excelência Técnica Intertooling Brasil, organizado pelo Centro de Competência em Manufatura – CCM – do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

 

Já a Intertooling prossegue até sexta-feira, 17, das 14 às 21 horas

 

fonte: site ABM Brasil

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Associações e parceiros