O que é OEE (Overall Equipment Effectiveness) e como ele pode ajudar a sua empresa?

Você sabe se está usando todo o potencial das suas máquinas?

Quantos novos projetos a fábrica poderia atender se as máquinas pudessem trabalhar mais?

Você consegue mensurar em quanto as paradas de máquina e refugos impactam no seu faturamento?

Em tempos onde a competitividade não tem barreiras, as indústrias que conseguem ser mais produtivas, atendendo prazos e produzindo com mais qualidade garantem seu espaço no mercado. Como é possível avaliar se a fábrica é realmente eficiente ou quão eficiente ela poderia ser? Uma forma de responder esta questão é utilizar o índice OEE, que ajuda a identificar pontos fortes, fracos e ainda detecta onde é preciso melhorar. Possuindo indicadores na fábrica é muito mais fácil identificar, solucionar e direcionar as melhores práticas para a empresa.

O que é e para que serve o OEE?

OEE (Overall Equipment Effectiveness) ou Eficiência global de equipamentos é um dos mais importantes índices utilizados para medir a produtividade industrial. O OEE foi desenvolvido pela Japan Institute of Plant Maintenance (JIPM), que buscava um índice capaz de mensurar a eficiência das máquinas e que servisse de referência para avaliar se uma máquina está funcionando perfeitamente (manutenção, quebra ou parada). O OEE pode medir a eficiência de uma máquina, um conjunto de máquinas, uma linha de produção e também de uma planta de produção inteira.

Medindo a eficiência das máquinas com o OEE é possível:

  1. Produzir mais dentro do mesmo tempo;
  2. Atender mais pedidos com a mesma estrutura;
  3. Menor custo de fabricação;
  4. Faturamento maior sem investimento;
  5. Avaliar a produtividade com mais precisão;
  6. Aumentar os índices à medida que os erros sejam corrigidos;

O cálculo de OEE faz parte da metodologia denominada TPM (Total Productive Maintenance) e analisa 3 características: DISPONIBILIDADE, PERFORMANCE E QUALIDADE.

Veja como calcular neste artigo: Como calcular o OEE?